Processamento Auditivo Central

É a disponibilidade de analisar ou interpretar informações que recebemos através da audição. Esta disponibilidade depende do funcionamento das áreas auditivas do córtex cerebral e das ligações que levam o som até estas regiões.

Distúrbio do Processamento Auditivo Central

É uma dificuldade em entender o que é falado, mesmo ouvindo normalmente. DPAC não é surdez, o indivíduo escuta mas não compreende o que escutou.

Alguns sintomas do distúrbio são:

  • Dificuldade na fala ou na escrita
  • Dificuldade na compreensão do que lê
  • Excesso de distração
  • Dificuldade em dar atenção os sons
  • Necessidade de ser várias vezes chamado
  • Dificuldade em compreender a fala e escutar em ambientes com muitos ruídos
  • Dificuldade na memorização
  • Dificuldade em conversar com pessoas falando ao mesmo tempo

Causas do Distúrbio do Processamento Auditivo Central

  • Intercorrências na gestação ou nascimento do bebê
  • Febre alta na primeira infância
  • Otites de repetição nos primeiros anos de vida
  • Herança familiar
  • Falta de estímulos auditivos nos primeiros anos de vida
  • Infecções como meningite, sífilis e etc.

Como detectar o DPAC?

Realizar avaliação auditiva completa com o médico otorrinolaringologista e o fonoaudiólogo, incluindo testes para medir a audição central.

Os testes incluem os seguintes instrumentos: IRPF (índice percentual de reconhecimento de fala), SSW (dissílabos alternados), TDNV (teste dicótico não verbal), RGDT, dicótico de dígitos, TPF, TPD, PSI e SSI (fala com ruídos e fala filtrada).

Como tratar o DPAC?

O tratamento consiste em realizar a terapia fonoaudiológica com objetivo de desenvolver habilidades que estão prejudicadas, através de treinos e exercícios.

Rua Vitorino de Morais, 156, Chácara Santo Antonio
Região de Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo, SP, CEP 04714-030
Telefones: (11) 5181.5439 :: 5181.2564 :: 3294-9202

2013 - Egolife - Todos os direitos reservados - CRP3835/J SP